Beije-me em Barcelona

História da Capitania do Espírito Santo
22/12/2018
Cartografia Histórica: estudos capixabas
03/06/2013

Todos já viveram um grande amor, mas poucos tiveram uma segunda chance.


O livro de estreia do escritor é baseado na história de amor e perdão entre ele e a esposa. Além do romance, o livro é também uma viagem cheia de detalhes pela Europa.

Esta é a história de Isaque, um jovem estudante que saiu de Vitória – ES para fazer um doutorado em Portugal. Ao descobrir que sua ex-namorada está na Espanha, ele faz uma visita e descobre que ainda a ama. Agora, indo passar a virada de ano em Barcelona, com ela e com novos amigos, Isaque se vê dividido entre ela e a namorada atual, entre aproveitar a oportunidade e o medo de machucá-la novamente, entre ser feliz e se sentir sozinho. Com um orçamento de estudante, Isaque tem menos de três dias para tomar a decisão que poderá mudar a sua vida.


 
M uitas obras de ficção retratam diversos elementos da realidade por intermédio de personagens reais, focalizados em tempo e espaço definido. Quando a literatura imortaliza uma historia de amor então, a conjunção entre a imaginação e a veracidade sempre rende ótimas histórias. Isso, e muito mais, está em “Beije-me em Barcelona”, primeiro romance de Fabio Paiva Reis, que será lançado no dia 14 de julho, às 19h, na Kaffa Cafeteria, em Jardim da Penha, Vitória. A publicação foi premiada no Edital 006/2016 – Produção e Difusão de Obras Literárias do Funcultura, da Secretaria de Estado da Cultura (Secult). O livro será vendido pelo preço de R$ 20.

Inspirado após morar por dois anos em Portugal e finalizar o Doutorado em História, Fabio decidiu registrar os detalhes desta vivencia por meio do personagem principal, Isaque. A história começa com um réveillon em Barcelona, no qual ele descobre que Luísa, sua ex-namorada, está na Espanha, e tenta reconquistá-la ao mesmo tempo em que se vê dividido por ter uma namorada que reside no Brasil. Com um orçamento de estudante, Isaque tem menos de três dias para tomar a decisão que poderá mudar a sua vida.

Entre os vários encontros e desencontros do personagem, alguns dos mais belos cenários da Europa são reconstituídos pela riqueza de detalhes com que o escritor apresenta durante o romance. Semelhanças com o clássico “Persuasão” da escritora inglesa Jane Austen estão presentes pela narrativa simples e bem elaborada. Todo e qualquer sentimento platônico é facilmente reconhecido para quem for ler a obra.

Fortemente influenciado pelos acontecimentos, o escritor afirma que qualquer semelhança com a realidade não é mera coincidência “O livro enfatiza a relação com a minha esposa Thais. Ficamos seis anos separados e depois nos reencontramos na Europa e tudo aconteceu de forma muito romântica e inusitada. Desde que nos reencontramos, ouvimos as pessoas dizerem que a nossa história é digna de um livro”, explica Fabio.

Outra Publicações