“A leitura é fácil, os personagens são cativantes”, diz José Irmo Gonring

Para Danyel Sueth, Beije-me em Barcelona é um livro extremamente corajoso.
13 de julho de 2017
Mapa Interativo de Beije-me em Barcelona!
13 de julho de 2017
Show all

“A leitura é fácil, os personagens são cativantes”, diz José Irmo Gonring

Entre os primeiros leitores de Beije-me em Barcelona está José Irmo Gonring. A primeira coisa que disse foi: “Gostei do seu livro. Parabéns.” E então, fez uma análise curta, porém extremamente positiva, do livro:

“A primeira virtude de uma obra, para mim, é quando ela nos prende e manda ir em frente, para ver no que vai dar. A leitura é fácil, os personagens são cativantes, os ambientes são convincentes. Há verossimilhança. O autor não busca artifícios, mas apenas representa um universo de jovens que estudam fora do país, que são muito certinhos, pois têm um foco: o sucesso acadêmico. Essa representação, ao retratar o drama de um moço que procura uma saída para sua saga afetiva, imagino que atenda não só à mocidade, que ali se verá representada, mas também a nós, que desse tempo nutrimos uma boa saudade. Recomendo.”

Sobre

José Irmo Gonring é doutor em Letras, foi professor do Curso de Comunicação da Ufes por mais de vinte anos e é cronista quinzenal de A Gazeta.

Aproveito para agradecer a José Irmo pela leitura do livro e por sua opinião sincera!

 

Fabio
Fabio
Fabio Paiva Reis é historiador, doutor pela Universidade do Minho, em Portugal. Natural de Vitória, Espírito Santo, voltou para o Brasil em meados de 2013, quando começou a se dedicar a projetos pessoais. Escreveu “Beije-me em Barcelona”, seu primeiro romance, e foi premiado em um Edital do Funcultura 2016, da Secult-ES. Fotógrafo amador e nerd assumido, Fabio é casado com Thais, com quem tem duas lindas gatas, Jade e Mimi.

Deixe um comentário