34 coisas que aprendemos em casamentos (principalmente no nosso)

Uma aluna escreveu uma mensagem no quadro durante a prova. O que aconteceu depois foi lindo!
28 de agosto de 2017
PROMOÇÃO: Beije-me em Barcelona de graça na Amazon!
20 de setembro de 2017
Exibir tudo

34 coisas que aprendemos em casamentos (principalmente no nosso)

Este post estava em outro lugar, mas como agora há este site, voltado para as coisas de Beije-me em Barcelona, resolvi trazê-lo para cá. Pode dizer "spoiler alert"? =)
0--fBnbF85M57FOyupheFmSQ

Com a fotografia digital e um mercado cheio de vontade de fazer você gastar dinheiro, um dos resultados de qualquer festa de casamento é uma infinidade de fotos que nunca sairão do CD que o seu fotógrafo entrega para o casal. Mas e se eu disser que as melhores fotos estão entre aquelas que não vão parar no álbum?

Há quem diga que um casamento sem fotos não aconteceu. A expressão pictures or it didn’t happen provavelmente foi inventada por uma dupla que pediu a anulação de um casamento realizado em Las Vegas sem um registro fotográfico.

Ao receber os CDs, todo casal se depara com uma das maiores dificuldades da vida: separar 100–150 fotos entre aquelas duas mil para colocar no álbum oficial. Você pode tentar resistir à pressão social. Pode ter ideias geniais para o seu álbum, mas no final ele será igual aos outros: as mesmas fotos, a mesma mesa de doces, etc.

Afinal, será que sua mãe te perdoaria por colocar uma foto dela de olhos meio fechados e com a boca aberta? E sua madrinha, se você imprimir em uma folha completa uma foto em que ela está meio corcunda e com a barriga em destaque? Eu resolvi me arriscar, em nome da glória das fotos espontâneas e inesperadas. E aí vai: as 34 coisas que aprendemos em casamentos (principalmente no nosso).
 

1. Sua mão vai estragar uma foto.

Não adianta. Essa é exatamente aquela foto que vai ficar de fora, e você vai pensar “Porque eu coloquei minha mão desse jeito, cara?”

 

2. A assistente será inconveniente… e alguém vai chegar atrasado… em uma hora muito errada.

“Aqui no cantinho eu fico fora das fotos com certeza!”

 

3. Você vai sorrir para alguém, e vai ficar esquisito.

E seu convidados, pensando na janela que deixaram aberta em casa, sairão pensativos e com o olhar no horizonte.  E seu convidados, pensando na janela que deixaram aberta em casa, sairão pensativos e com o olhar no horizonte.

E seu convidados, pensando na janela que deixaram aberta em casa, sairão pensativos e com o olhar no horizonte.

 

4. Seu sobrinho vai colocar o dedo no nariz.

“Que momento maravilhoso para tirar essa melequinha que está me incomodando!”

 

5. Sua noiva vai parar na escada e pensar se vai dar tudo certo mesmo.

“Só podia. Vai chover… no dia que estou de branco. ”

 

6. E a cerimonialista estará em todos os lugares.

Devo dizer que é um bom sinal.

 

7. Você, todo choroso, vai deixar seu nariz escorrer no terno do seu sogro.

“Deixa eu limpar antes que alguém veja… ninguém estava olhando.”

 

8. E como não bastasse, você ainda vai errar o lado em que deve ficar.

E o fotógrafo ainda vai aproveitar para tirar uma das melhores fotos suas nesse exato momento.

 

9. Suas daminhas vão ficar entendiadas.

“Meu deus do céu que isso não acaba.”

 

10. E vão tentar conversar. Tentar.

Quem é que manda nesse negócio, afinal?

 

11. E seus fotógrafos também ficarão entediados, e tirarão fotos de tudo.

“Ainda bem que eu tenho essa linda guirlanda para guardar remela”.

 

12. E todo mundo vai começar a procurar algo melhor para fazer.

Afinal, o que pode estar acontecendo de interessante numa hora dessas?

 

13. Lá na frente, seu pais também vão sentir o peso da espera.

“Ah, meu Netflix lá em casa…”

 

14. sua sogra vai se esforçar para sair bem na foto com o seu sogro.

“Chega pra cá, Xiko!”

 

15. O padre vai apertar sua bochecha.

“Não cuida dela não, para você ver o que acontece?”

 

16. E vai fazer umas perguntas difíceis.

“Ahm…”

 

17. Alguém vai se enfiar em baixo de você com uma câmera gigante, e você só vai ficar sabendo meses depois quando receber as fotos.

Você está lá, todo preocupado em conseguir colocar a aliança na mão dela, que nem sonha em reparar que tem UMA PESSOA INTEIRA enfiada entre vocês dois.

 

18. E você vai ficar tão perdido, que o padre vai ter que apontar pra onde você precisa ir.

É ali, meu filho, onde tem aquela mesa, com flores, com um livro e uma caneta, e um fotógrafo e um câmeraman esperando por você, sabe? Não tem como perder.

 

19. Sua esposa vai morrer de medo de cair na escada na pior hora possível.

“Beecho, se eu caio nessa merda… Yeah! Sou foda!”

 

20. Na festa suas madrinhas terão que levantar o buquê mil vezes, e seus padrinhos vão abraçar até convidados imaginários.

Umas madrinhas se empolgam bem mais que outras. Certeza. E quem era esse amigo imaginário, que entrou sem convite?

 

21. E depois, vão expor suas gordurinhas!

“Gente, minha barriga, minha barriga!”

 

22. E você vai precisar cortar um bolo de mentira!

“Não afunda muito que a maquete desmonta!”

 

23. Alguns convidados ficarão tão eufóricos, que nem saberão o que sentir.

Tá valendo tudo!

 

24. Seu padrinho vai garantir que você vai pra lua de mel com uma graninha no bolso.

“Todo mundo ajuda!”

 

25. Mas uma hora você se preocupará com a sanidade dele.

“Senhor das moscas!”

 

26. Sua noiva ficará meio perdida na hora do buquê, e não terá muita certeza se quer jogá-lo mesmo.

Enquanto isso, as convidadas vão se reunindo!

 

27. E quando as regrinhas do casamento forem cumpridas, você vai poder fugir pra conversar com velhos amigos, e dar um jeito de ficar mais confortável.

“E aí, eu disse ‘peraí que eu já volto’… e estou aqui há meia hora!”

 

28. Porque todo mundo merece aproveitar o próprio casamento, não é?

Mãozinha pra cima!

 

29. E pode até exagerar um pouquinho.

Nhé, agora já foi mesmo.

 

30. As pessoas vão insistir no velho trenzinho… e você vai aceitar com prazer!

“Piui, piui, piui, coloca a mão no meu ombro…!”

 

31. E as pessoas mais inesperadas vão se mostrar grandes dançarinas!

Quem diria…

 

32. E outras também inesperadas vão tentar te dar pescoçadas!

“Pedala!”

 

33. E com toda essa loucura, você vai agradecer a tudo e todos…

Valeu mesmo, gente!

 

34. … e vai ser bem feliz.

Smack.

 

PS: As fotos são de Carlos Mota e família. Eles são ótimos, mas os modelos é que dão a graça =)
Fabio
Fabio
Fabio Paiva Reis é historiador, doutor pela Universidade do Minho, em Portugal. Natural de Vitória, Espírito Santo, voltou para o Brasil em meados de 2013, quando começou a se dedicar a projetos pessoais. Escreveu “Beije-me em Barcelona”, seu primeiro romance, e foi premiado em um Edital do Funcultura 2016, da Secult-ES. Fotógrafo amador e nerd assumido, Fabio é casado com Thais, com quem tem duas lindas gatas, Jade e Mimi.

Os comentários estão encerrados.