Como criar seu personagem – Como escrever seu livro! #3

Divulgada a capa de Beije-me em Barcelona!
8 de maio de 2017
Conheça Daniela Huerta, diagramadora de Beije-me em Barcelona!
16 de maio de 2017
Show all

Como criar seu personagem – Como escrever seu livro! #3

Como fazer um personagem que seus leitores gostarão de acompanhar? Este é o assunto do vídeo de hoje, onde discuto as principais características que todos os heróis tem que ter para agradar seus leitores. Ficou interessado?! Assista!

#3 – Como criar seu personagem (10/05/2017)

Depois que você sabe sobre o que é a sua história, o próximo passo é descobrir sobre “quem” é a sua história.

O personagem principal é a porta de entrada do leitor para o seu universo, ele que vai fazer seus leitores se identificarem com a história, o que significa que ele tem tudo a ver com seu público leitor também. A frase que define o seu livro, portanto, deve falar sobre o seu personagem, e dar uma qualidade para ele. Algo como “o livro é sobre um jovem solitário que…”.

Resumindo, para ter uma boa frase, você precisará:

  • Escolher um ou outro adjetivo para dar ao seu público algo com que se identificar.
  • Escolher um adjetivo para o vilão da história.
  • Escolher um objetivo que qualquer ser humano pode se identificar.
  • Sua história precisa de alguém por quem seu público queira torcer.

Não importa muito qual você define primeiro: seu herói ou a estrutura que você vai usar. O importante é que o herói sirva ao propósito da categoria de história que você selecionou. Normalmente você já tem uma boa dica sobre o seu herói na sua frase explicativa, mas é preciso se aprofundar, trabalhar os seus personagens a fim de encontrar o melhor conflito para o seu herói.

Para resumir, seu herói deve ser alguém que:

  • Oferece os maiores conflitos para a situação do livro
  • Tem o maior caminho emocional para percorrer
  • Vai agradar o seu público. E vamos combinar, provavelmente seu público é adolescente ou jovem adulto.

Agora que você tem um bom herói, sua motivação deve ser básica, simples de entender, como:

  • Sobrevivência
  • Fome
  • Sexo (ou amor)
  • Proteger pessoas amadas
  • Medo da morte
  • Etc.

Alguma coisa primitiva, fundamental, essencial (no sentido de que fala diretamente com a essência humana e todos somos capazes de nos identificar).

Por fim, sua história deve ser sobre um personagem:

  • Com quem posso me identificar
  • De quem seu público pode aprender alguma coisa.
  • Que eu me sinto instigado a acompanhar
  • Que eu acredito que merece vencer
  • Cujos desafios são primitivos, fundamentais, essenciais

Exercício

Agora é a hora de atualizar a sua frase. Ela se tornará o DNA do seu livro, da sua história, será a base a partir da qual você construirá o seu texto e o ajudará a seguir o caminho para o sucesso. A frase com mais conflito, com o herói e vilão melhor definidos, e um objetivo claro e fundamental será a vencedora. E se durante a sua escrita você pensar em uma forma melhor de escrevê-la, volte lá e atualize a frase. E garanta que o seu livro se mantém dentro do que ela apresenta.

Gostou? Assista mais no Youtube!

Fabio
Fabio
Fabio Paiva Reis é historiador, doutor pela Universidade do Minho, em Portugal. Natural de Vitória, Espírito Santo, voltou para o Brasil em meados de 2013, quando começou a se dedicar a projetos pessoais. Escreveu “Beije-me em Barcelona”, seu primeiro romance, e foi premiado em um Edital do Funcultura 2016, da Secult-ES. Fotógrafo amador e nerd assumido, Fabio é casado com Thais, com quem tem duas lindas gatas, Jade e Mimi.

Deixe um comentário